As minhas mixórdias

Mixórdias de devaneios do passado, presente e futuro

Curioso o mês de Dezembro de 2012

leave a comment »

Ontem recebi a imagem que se segue. Já tratei de a encaminhar para os meus contactos, pois sabe-se lá… O melhor é não contrariar uma lenda pois ainda se vira contra nós. 😀

Pus-me foi a pensar nos no 4º dia em que receberia o dinheiro. Pois bem, se tivesse recebido o mail na 2ª feira, o 4º dia seria 6ª feira, dia em que irei receber o ordenado, o que batia certo. Mas recebi o mail na 3ª feira, logo, sendo o 4º dia no sábado, o melhor é jogar no totoloto para criar uma hipótese de receber dinheiro.

Mas….

Eu estou a contar os 4 dias sendo o 1º dia a seguir àquele em que recebi o mail. Mas se o dia em que recebi também contar? Se calhar é melhor jogar também no euromilhões, pelo sim, pelo não, pois posso receber o ordenado um dia mais cedo e lá se perde uma oportunidade.

Isto de não querer contraria uma lenda é cansativo.. ufa…

Written by anaolivetree

November 28, 2012 at 7:55 am

Posted in Uncategorized

Dor de cabeça

leave a comment »

Tentando (sem grande esforço, confesso, senão não tinha muita piada) dar algum rigor científico às diversas temáticas deste blog vamos lá saber o que são as cefaleias?

Sim, eu sei que o tema é “dor de cabeça”, mas dor de cabeça não é o nome científico da dor, mas sim cefaleia. Dizem por ai que esta dor faz parte do top 10 dos problemas de saúde mais comuns. Há os felizardos que nunca, ou poucas vezes conheceram esse tipo de dor, mas também há aqueles que passam por esta tormenta. Eu cá, sou daqueles que estão no ponto intermédio… Não passo muitas vezes por isso, mas quando passo é a sério!
O pior é que é um problema da saúde estúpido! Sim, ofendi um problema de saúde. Talvez esteja com outros problemas na cabeça para além de uma cefaleia de vez em quando, mas para esses outros já não há cura. Lamento se desiludi quem achava que eu ainda conseguia alcançar um estado de normalidade…
Continuando com a parvoíce (mas útil) de alto rigor cientifico… É um problema de saúde estúpido pois tanto pode ser sintoma de um problema / doença grave ou algo mais simples como perturbações nos olhos, no nariz, na garganta, nos dentes e nos ouvidos (basicamente, dos ombros para cima), mas também pode não ter causa óbvia e preocupante.
Ou seja, quando a cefaleia nos bate à porta não sabemos se é para o mau ou para o menos mau. Pelo sim, pelo não, não custa nada uma consultazita para ver o que se passa…

Já tendo dado algum tempo de antena ao rigor cientifico vamos falar de outra característica associada à dor de cabeça (aqui para nós algo bem mais interessante…)… O MITO!

Vou dar-vos uns segundos para pensarem de que mito estarei eu a falar…

Pois é… Podia falar aqui dos mitos de acções que provocam a dor de cabeça, ou mesmo os alimentos que atenuam a dor, mas a parte boring terminou quando escrevi MITO.
O tal mito, ao qual darei nas seguintes linhas uma atenção especial, é aquele em que se diz que a prática da actividade sexual diminui a dor de cabeça.
Ora bem… Se me guiar por uma pesquisa do google diria que não se trata de um mito, mas sim de uma realidade. Mas a verdade é que o que li, tem tanto rigor científico como este blog. E o que consegui concluir é que o que alivia a dor de cabeça é o climax, por isso em caso de persistência do sintoma, o melhor é ir directo à solução do problema. Ou não… Mas isso já vai de cada um.
Mas atenção, o sexo não é “cura” de todas as dores de cabeça, pois numa situação em que a dor de cabeça que resulta da desidratação a actividade sexual irá piorar e tornar-se mais perigosa.

E para quem ainda quer usar este “mito” como desculpa, há alguns estudos que indicam que a actividade sexual pode provocar dor de cabeça ou então piorar um dor já existente.
Escusado será dizer que os estudos que li são todos americanos (let’s wonder why? 🙂 ).

Em suma, só posso dizer que se tiver em consideração os efeitos secundários das drogas, o sexo é a escolha mais saudável!

Será que ainda é comum usar este mito como desculpa? Será que o sexo provoca mesmo dor de cabeça? Qual é o melhor remédio para a dor de cabeça? Qual será a história mais bizarra em que a dor de cabeça serviu como desculpa (em quelquer cenário…)?

Written by anaolivetree

November 26, 2012 at 2:17 pm

Posted in Uncategorized

Estrangeirismos

with 2 comments

Quem me conhece minimamente sabe que eu padeço deste mal. E é uma característica cada vez mais acentuada na minha pessoa. Por outro lado, às vezes acontece numa conversa alguém usar um estrangeirismo e eu continuo a conversa usando o termo português (devido à minha teimosia, claro).

Mas quem pense que isto dos estrangeirismos é uma coisa recente da minha pessoa, engana-se, pois basta ler uns tantos posts do meu outro blog e rapidamente se percebe que já é coisa antiga.

Segundo umas coisas que andei a ler por aí… A ortografia da língua portuguesa é determinada por regras específicas, enunciadas em acordos ortográficos. Deste modo, no inventário do léxico não são esperadas palavras que terminem em -ing (meeting) ou -oir (noir). No entanto, muitas dessas palavras de outras línguas, os empréstimos, são utilizadas com regularidade em textos oficiais em língua portuguesa e registadas em obras lexicográficas do português.

Os exemplos de estrangeirismos que encontrei são mais do que muitos, mas essencialmente têm origem inglesa ou francesa.

Perante os exemplos pode-se constatar que há palavras que não tem tradução de todo, mas também ha outras que tem clara tradução em português…

Mas então, porque é que nesses casos usamos os estrangeirismos?

Written by anaolivetree

November 21, 2012 at 2:28 pm

Posted in Uncategorized

I’m back

leave a comment »

Depois de alguns anos de interregno, regresso com outro blog. Agora noutra casa (não me perguntem porquê, acho que quis experimentar as alternativas ao blogger), mas no mesmo registo. Ou não…
Para quem não conhece o outro blog era… http://sofalodoquequero.blogspot.pt/

Quanto a este novo entertenimento da minha vida, como o sub-titulo indica são simples devaneios da minha cabeça que decidi por no “papel”. Se é suposto fazerem sentido? É melhor não irmos por ai…

Quanto às temáticas, tais como nas outras mixórdias, não existe uma base coerente. Nem sequer uma base de raciocínio lógico. Se assim fosse optaria por escrever um livro de cariz cientifico, e para isso não tenho tempo.

Mas sei que evitarei aqueles temas criticos como politica, futebol e religião, a não se que encontre alguma temática nesta área que seja  muito engraçada.

Posto isso, só posso dizer… Encostem-se confortavelmente nas vossas cadeiras que a parvoeira vai começar…

🙂

Written by anaolivetree

November 20, 2012 at 10:42 pm

Posted in Uncategorized