As minhas mixórdias

Mixórdias de devaneios do passado, presente e futuro

Estrangeirismos

with 2 comments

Quem me conhece minimamente sabe que eu padeço deste mal. E é uma característica cada vez mais acentuada na minha pessoa. Por outro lado, às vezes acontece numa conversa alguém usar um estrangeirismo e eu continuo a conversa usando o termo português (devido à minha teimosia, claro).

Mas quem pense que isto dos estrangeirismos é uma coisa recente da minha pessoa, engana-se, pois basta ler uns tantos posts do meu outro blog e rapidamente se percebe que já é coisa antiga.

Segundo umas coisas que andei a ler por aí… A ortografia da língua portuguesa é determinada por regras específicas, enunciadas em acordos ortográficos. Deste modo, no inventário do léxico não são esperadas palavras que terminem em -ing (meeting) ou -oir (noir). No entanto, muitas dessas palavras de outras línguas, os empréstimos, são utilizadas com regularidade em textos oficiais em língua portuguesa e registadas em obras lexicográficas do português.

Os exemplos de estrangeirismos que encontrei são mais do que muitos, mas essencialmente têm origem inglesa ou francesa.

Perante os exemplos pode-se constatar que há palavras que não tem tradução de todo, mas também ha outras que tem clara tradução em português…

Mas então, porque é que nesses casos usamos os estrangeirismos?

Advertisements

Written by anaolivetree

November 21, 2012 at 2:28 pm

Posted in Uncategorized

2 Responses

Subscribe to comments with RSS.

  1. Então mas se não gostas de estrangeirismos explica lá o uso de olivetree no teu nome… ahahahah

    Sofia

    November 21, 2012 at 7:28 pm

    • Bem, acho que não me fiz entender. Eu sou utilizadora acérrima dos estrangeirismos e não só. Por vezes chego a utilizar frases completas em inglês (francês raramente) no meio de frases em português. Mas às vezes, o que acontece é que utilizam um estrangeirismo de uma palavra que por regra uso a equivalente portuguesa, e não mudo para o estrangeirismo só porque a outra pessoa está a usar. Just that.. 🙂
      No final só lancei para o ar a questão, e contra mim falo…
      Quanto a olivetree, já é stage-name long time ago 😀
      (Eu não digo que padeço do mal?!…)

      anaolivetree

      November 22, 2012 at 12:01 am


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: